Monitoramento da qualidade do Rio Acaraú em Ubatuba

O projeto “Mapeamento e avaliação da dinâmica da poluição da Bacia do Rio Acaraú como subsídio a efetivação do enquadramento” visa o monitoramento durante 2 anos da qualidade da água do Rio Acaraú (Ubatuba/SP) e o mapeamento de suas fontes de poluição.

Ir para:

Equipe

  • Prof. Dr. Alexander Turra
  • Dra. Márcia Regina Denadai
  • Biol. Marcio José dos Santos
  • Ecol. Fábio L. Pincinato
  • Oc. Adriana Lippi

Sobre o Projeto

O Rio Acaraú possui suas nascentes nas escarpas da Serra do Mar, passando por ocupações humanas distintas, formadas por diversas classes sociais em bairros do município de Ubatuba, SP. Algumas dessas comunidades cortadas pelo rio não possuem rede coletora e tratamento de esgotos implantados, enquanto outras já estão ligadas aos sistemas que lançam os efluentes tratados no corpo principal da bacia hidrográfica.

Cabe ressaltar que apesar de haver cobertura da rede coletora de esgoto em parte desses bairros, muitos imóveis ainda não estão ligados à mesma, possuindo sistemas alternativos individuais. É possível ainda que estes estejam funcionando com baixa eficiência de redução de carga orgânica por serem construídos fora dos padrões ou por falta de manutenção.

A contaminação por esgotos sanitários domésticos foi indicada pelo Relatório de Situação dos Recursos Hídricos do Litoral Norte (CBH-LN, 2014) como sendo o fator que mais impacta as águas da região, apontando o Rio Acaraú como uma das áreas prioritárias para a gestão dos recursos hídricos, devido à perda progressiva da qualidade de suas águas.

Para lidar com este cenário, o instrumento de planejamento e gestão mais recomendado e previsto na legislação (Lei Estadual 7.663 de 1991 e Lei Federal 9.433 de 1997), é o enquadramento dos corpos hídricos, ferramenta que estabelece que a água deve apresentar um padrão de qualidade para ser compatível com os usos mais exigentes a que ela se destina.

O plano de ações é definido com base em um diagnóstico da situação atual do rio. Este plano considera o uso e a ocupação do solo, suas fontes de poluição e, por fim, os aspectos técnicos e financeiros necessários para o alcance dos objetivos. Após definido o plano de ações, deve ser estabelecido o monitoramento, através de indicadores, para acompanhar a efetivação das metas progressivas, que são utilizadas no processo de licenciamento ambiental e fiscalização (Resolução CONAMA nº 430 de 2011).

Portanto, para que a classe definida para o Rio Acaraú seja compatível com os usos desejados, o Projeto Acaraú visa conhecer melhor a situação de cada trecho de rio através do diagnóstico da variação espacial dos parâmetros físico-químicos da água e fluviométricos da bacia hidrográfica, do levantamento das características climatológicas da região, do mapeamento do Uso e Ocupação do solo e das fontes e da dinâmica da poluição da bacia hidrográfica. O monitoramento pretende verificar a situação da bacia em relação aos critérios das classes de enquadramento, com isso fornecendo subsídios para a elaboração do plano de ações e monitoramento da efetivação das metas do enquadramento.

Localização da área de estudo, com destaque para os bairros cortados pelo Rio Acaraú. Fonte: Google Earth.

Estratégia de amostragem dos parâmetros físicos-químicos e fluviométricos.

Boletins e Notícias


Mapa Interativo

Documentos

Planeta Vanguarda – Rio Acarau

Relatório de Situação do Litoral Norte Paulista

Editais

Edital ICB 005/2016 – Coleta e Análise de Água

Edital ICB 006/2016 – Contratação de empresa especializada para acompanhamento das campanhas de coleta, tratamento, análise, interpretação e avaliação dos dados fisico-quimicos-biológicos, sistematicação dos dados em arquivos geoespaciais, elaboração de boletim informativo, e análise integrada dos dados do projeto.

Edital ICB 007/2016 – Serviços de interpretação e análise de dados meteorológicos, caracterização climatológica da bacia hidrográfica do Acaraú, mapeamento de uso e ocupação do solo utilizando imagens de satélite, mapeamento via GPS de pontos de poluição da bacia em questão, elaboração de um banco de dados geoespacial e elaboração de relatórios técnicos das atividades referidas.

Edital ICB 008/2016 – Serviços de instalação, calibração e manutenção de estação meteorológica.

Edital ICB 009/2016 – Fornecimento de imagem de satélite.

Edital ICB 010/2016 – Fornecimento de estação meteorológica.


Financiadores

FEHIDRO – Fundo Estadual de Recursos Hídricos